O que é marketing digital ?

O termo marketing vem do inglês market que significa mercado. Marketing então, numa tradução direta significa mercadologia ou estudo do mercado. Apesar da origem do termo ser simples de entender, obter um conceito geral, amplo e profundo do que de fato significa marketing não é algo tão simples. Segundo Philip Kotler, uma das maiores autoridades mundiais no assunto:

Marketing é um processo social por meio do qual pessoas e grupos obtêm aquilo de que necessitam e o que desejam com a criação, oferta e livre negociação de produtos e serviços de valor com outros.

Pela definição acima, dá pra perceber que marketing é muito mais que publicidade, vai muito além da mera divulgação de produtos e serviços. Inclusive muitas empresas e pessoas usam os dois termos como se fossem a mesma coisa. Quando uma empresa ou pessoa diz que está fazendo “marketing digital”, o mais correto seria dizer que está fazendo publicidade digital, isto é, divulgando produtos ou serviços através de meios digitais, como por exemplo, a internet.

Na verdade, o marketing compreende todas as etapas necessárias para o entendimento das necessidades do mercado, a criação de produtos e serviços que sejam relevantes e, claro, a divulgação destes produtos e serviços para os segmentos do mercado que a empresa pretende atender. O trabalho de divulgação portanto, é apenas uma parte do marketing como um todo.

Pensando desta maneira, o termo marketing digital não faz muito sentido. A rigor, o que existe é marketing e ponto final. As mídias utilizadas na divulgação é que podem ser digitais ou não. Alguns exemplos de mídias tradicionais (não digitais) são: TV, rádio, jornal, revista, outdoor, materiais impressos diversos, dentre outros. Dentre as mídias digitais estão os sites, blogs, redes sociais, aplicativos, ebooks, podcasts, e-mail e outros.

Disto isto, usaremos o termo “marketing digital” somente pelo fato de ter sido aceito e usado universalmente, com o propósito de transmitir a ideia de : o conjunto de ações que empresas e pessoas utilizam através de meios eletrônicos para se comunicarem com o mercado com o objetivo final de divulgarem e comercializarem produtos e serviços.

 

PILARES DO MARKETING

O marketing começa muito antes da divulgação de um produto ou serviço. Na verdade começa (ou deveria começar) antes mesmo da sua concepção inicial. O objetivo principal de toda empresa é obter lucro e isto só pode ser feito oferecendo-se algo que as pessoas desejam adquirir por um valor que elas entendam com justo. O que será oferecido portanto deve levar em conta a necessidade do mercado no qual a empresa pretende atuar. E é justamente aí que entra o marketing.

Um conceito bastante difundido é o Mix de Marketing ou Composto de Marketing que muitas pessoas conhecem pelos 4 Ps do Marketing. Esse conceito foi criado por Jerome McCarthy e popularizado por Philip Kotler. Refere-se aos pilares básicos sobre os quais deve estar apoiada toda estratégia de marketing de qualquer empresa. Os 4 Ps são: Produto, Preço, Praça e Promoção.

 

Produto

É o que a empresa oferece ao mercado, que pode ser um produto ou serviço. Deve resolver um problema, satisfazer uma necessidade ou atender a um desejo do público que se pretende atender. Compreende o nome do produto, sua aparência física, funções, características, variações (cor, tamanho, estilo) e diferenciações em relação aos concorrentes.

 

Preço

É o valor monetário que a empresa quer em troca do produto. Deve ser uma quantia que cubra os custos, deixe margem para lucro e que o mercado esteja disposto a pagar. Refere-se não somente ao valor final de aquisição mas também a variações de acordo com o canal de distribuição, condições de pagamento,  política de descontos, entre outros.

 

Praça

É o lugar onde o mercado pode encontrar a empresa, isto é, onde o produto pode ser adquirido pelo cliente. Deve ser pensado de forma a facilitar a compra por parte do cliente. Relaciona-se a distribuição e logística: loja física / virtual, vendas no varejo / atacado, revendedores, representantes, franqueados, equipe interna de vendas, entre outros.

 

Promoção

É a maneira como a empresa oferece o produto ao mercado, como divulga seus produtos e atrai os possíveis compradores. Deve ser realizada para comunicar ao público os benefícios do produto e estimular a sua aquisição. Refere-se aos meios de divulgação, tanto tradicionais (TV, rádio, jornal, revista, impressos) quanto digitais (site, blog, e-mail, redes sociais).

 

VANTAGENS DO MARKETING DIGITAL

Desde o seu surgimento em meados dos anos 90, a internet foi utilizada como canal de comunicação entre as empresas e o mercado. Em poucos anos, a internet conseguiu a popularização e penetração que outras mídias levaram décadas para conseguir. Nos anos 2000 já era um dos meios mais eficientes para as empresas divulgarem seus produtos e serviços.

Segundo apontam diversas pesquisas realizadas nos EUA, os investimentos em marketing digital por parte das empresas superaram os gastos em marketing tradicional no ano de 2015. Pouco tempo depois esta tendência se confirmou aqui no Brasil também. Este é um movimento global, acelerado e irreversível, que se deve às muitas vantagens do marketing digital sobre o tradicional.

 

Agilidade

Uma ação de divulgação através do marketing tradicional pode levar dias e até semanas entre o planejamento e a execução. Materiais impressos precisam de alguns dias até saírem da gráfica, revistas tem edições semanais ou mensais, comerciais em rádio e TV levam um tempo para serem produzidos. Com o marketing digital você pode criar você mesmo uma campanha de divulgação muito bem sucedida em questão de minutos !

 

Interatividade

Por décadas o marketing tradicional tem sido uma via de mão única. As empresas falam e os consumidores ouvem. Receber o feedback dos consumidores sempre foi um sonho antigo dos publicitários. O marketing digital resolveu este problema e realizou este sonho. Com a internet as empresas podem agora ouvir os clientes de forma fácil e instantânea e conhecê-los cada vez melhor. Agora as empresas falam e os consumidores respondem !

 

Segmentação

A comunicação até pouco tempo atrás enxergava os clientes como uma massa uniforme. Era muito difícil se comunicar com uma grande quantidade de pessoas de uma forma mais personalizada. As mensagens tendiam a ser mais genéricas, reduzindo o seu poder de persuasão. Com o marketing digital tornou-se possível uma segmentação nunca antes conseguida. Agora as empresas podem falar com milhares ao mesmo tempo de forma quase individualizada.

 

Mensuração

É muito difícil medir os resultados de ações no marketing tradicional. O desafio é ainda maior quando se investe em mais de uma mídia simultaneamente. As métricas sempre foram imprecisas e demoradas. Os anunciantes formulavam hipóteses e torciam para que estivessem corretas. Como o marketing digital é possível medir o retorno de cada centavo gasto em publicidade, testar vários anúncios na prática e manter somente aqueles que trouxerem mais resultados.

 

Preço

Todas as vantagens já mencionadas do marketing digital (agilidade, interatividade, segmentação e mensuração) geram o maior de todos os benefícios para o pequeno anunciante: o custo reduzido. A internet democratizou a publicidade e criou um espaço onde todos podem concorrer com mais igualdade. Bastam 10 reais por dia (um pão de queijo e um cafezinho 🙂 pra no final do mês você ter conseguido levar a sua mensagem para milhares de pessoas !  É uma nova era que se inicia agora !

Deixe uma resposta