10 motivos para abrir uma loja virtual

Quando o comércio eletrônico chegou ao Brasil em 1995 falava-se que era uma grande tendência para o futuro. No início havia muita incerteza tanto por parte dos comerciantes quanto dos consumidores. Aos poucos a desconfiança foi sendo vencida e o e-commerce foi avançando. Os anos se passaram e hoje percebe-se claramente que os hábitos de consumo dos brasileiros mudaram drasticamente.

Atualmente o e-commerce é uma realidade concreta que faz parte da vida de milhões de pessoas no nosso país. Cada vez mais pesquisamos produtos e compramos de tudo pela internet, sem termos que sair de casa ou do ambiente de trabalho. Este é um movimento irreversível e que vai se se acelerar cada vez mais. Mesmo assim, boa parte dos comerciantes ainda não despertou para a necessidade urgente de vender os seus produtos online.

O comércio eletrônico tem muitas vantagens em relação ao comércio físico tradicional. Percebendo isto, várias empresas fecharam ou deixaram de abrir lojas físicas nos últimos anos para investir no e-commerce. Algumas delas foram mais radicais e hoje atuam somente no mundo online. Listamos a seguir 10 motivos para você investir em uma loja virtual:

 

1) ABERTURA RÁPIDA E SEM BUROCRACIA

Abrir uma loja virtual é muito mais simples e rápido do que abrir uma loja física. Começando pela formalização da empresa, não é preciso criar um novo CNPJ para operar de forma online, você pode perfeitamente usar o CNPJ da loja física, inclusive é o que se recomenda no início. Caso ainda não tenha loja física ou prefira não usar o CNPJ dela, também é possível abrir uma nova empresa no regime MEI diretamente pela internet, sem nenhuma burocracia e com custos de manutenção bastante reduzidos.

É possível abrir uma loja virtual partindo do zero em poucos dias ! O processo começa com a produção e preparação das fotos dos produtos, juntamente com as descrições, preços e outras informações básicas. Em seguida é preciso configurar as formas de pagamento e entregas que serão aceitas. Por fim, criamos as páginas complementares e ajustamos o layout do site de acordo com a identidade visual da empresa. Pronto, sua loja já está preparada para vender pela internet !

 

2) ECONOMIA COM LOCAL

Com uma loja virtual você não precisa receber clientes e portanto não é necessário um ponto comercial caro, numa região movimentada. Você já começa eliminando uma das maiores despesas fixas de um comércio tradicional. Também não é preciso um design especial para exposição dos produtos o que dispensa arquiteto, móveis e decoração. Pra começar você basicamente só precisa ter um espaço para o estoque e para os funcionários.

Se você já tem uma loja física, a loja virtual pode começar ocupando somente uma pequena sala. Se ainda não tem, você pode buscar um local mais barato fora das regiões mais movimentadas. Muitas lojas virtuais de destaque começaram operando nas casas dos proprietários. Nos EUA muitas empresas tiveram como primeira sede uma simples garagem. A gigante Amazon começou assim !

 

3) ECONOMIA COM ESTOQUE

Abrir uma nova loja física requer sempre um alto investimento em estoque, capital que fica parado em uma, duas, três ou mais lojas a espera de clientes e que poderia ser usado de forma mais eficiente. Cada nova loja torna a gestão de estoque mais complicada, gerando mais erros e tomando um precioso tempo da equipe.

Uma loja virtual evita este desperdício de recursos uma vez que é possível usar o estoque de uma ou mais lojas físicas que já existem para atender aos clientes online. O mesmo produto estará disponível para alguém que visitar uma loja pessoalmente e alguém que estiver comprando pelo site do outro lado do país. Uma loja virtual integrada ao sistema de gestão da empresa torna este processo totalmente automatizado.

 

4) ECONOMIA COM PESSOAL

Uma loja física gera altas despesas mensais com salários, comissões e encargos trabalhistas da equipe de vendas. Isto sem falar na dificuldade de se encontrar bons vendedores, treiná-los e motivá-los diariamente. Quem já lidou com isto sabe exatamente como é, vendedores despreparados ou desmotivados podem arruinar qualquer loja, por melhor que seja o ponto comercial e os produtos.

Com uma loja virtual é possível reduzir bastante os gastos fixos com funcionários e faturar o mesmo valor com uma equipe muito mais enxuta. Além disso, o processo de venda é totalmente automatizado, uma vez configurado o seu site se transforma no seu vendedor ideal: sempre prestativo e atencioso com o cliente, nunca falta, nunca fica doente, e faz sempre o que se espera dele, em todos os casos.

 

5) LOJA SEMPRE ABERTA

Uma das maiores vantagens do comércio eletrônico, do ponto de vista do consumidor, é a possibilidade de fazer compras de qualquer lugar em qualquer horário. Este é um grande benefício para o comerciante também, um site de e-commerce é como uma loja que nunca fecha, aberta 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano.

Com a vida corrida e o trânsito caótico das grandes cidades, deslocar-se até uma loja física torna-se uma tarefa desgastante e desnecessária. Cada vez mais os consumidores estão dando preferência para empresas que vendem pela internet. Grande parte das compras online são realizadas no horário de almoço, tarde da noite e até de madrugada. Sábados, domingos e feriados também costumam ser dias muito bons para o e-commerce.

 

6) MAIOR ALCANCE

Uma loja física geralmente vende para consumidores que moram, trabalham o que passam pela região. Lojas em shoppings ou ruas mais movimentadas conseguem atrair pessoas que vem de mais longe, na maior parte das vezes num raio de poucos quilômetros, dentro da mesma cidade. Polos atacadistas conhecidos, por sua vez, acabam conseguindo atrair compradores de outras cidades e até de outros estados.

Entretanto, a questão de deslocamento tem se tornado cada vez mais crucial tanto para consumidores finais quanto para revendedores. A questão é: porque atravessar a cidade, estado ou até o país para ir pessoalmente até uma determinada loja se agora eu posso comprar pela internet ? O comércio eletrônico gera economia de tempo e dinheiro para os compradores e permite que as empresas quebrem as barreiras geográficas e conquistem ainda mais clientes em todo o país e até fora dele !

 

7) MAIOR ESCALABILIDADE

Todo comerciante abre uma loja pensando em crescer. A medida que conquista novos clientes e aumenta as vendas surgem novos desafios. É preciso aumentar a equipe para continuar atendendo com qualidade. Com o espaço físico limitado, cedo ou tarde torna-se difícil continuar crescendo. Geralmente neste momento o empresário decide abrir uma nova loja física ou se mudar para um espaço maior.

Com uma loja virtual, não existe limitação física. Em um determinado momento você pode ter dezenas, centenas e até milhares de pessoas navegando no seu site. O processo de atendimento é todo automatizado. Você não perde vendas por ter um grande fluxo repentino de visitantes. É como se você tivesse um exército de vendedores bem treinados à sua disposição !

 

8) MAIOR COMPETITIVIDADE

Segundo pesquisas, o motivo número 1 de quem compra pela internet é o preço. Em seguida vem a praticidade, facilidade de pesquisa, variedade de produtos e outros fatores. Este preço mais baixo só é possível porque uma loja online tem custos mais reduzidos que uma loja física. O e-commerce é um ótimo caminho para uma empresa se destacar entre os concorrentes. O inverso também é verdadeiro: quem não vende pela internet já começa o jogo perdendo.

Além disto, todas as lojas virtuais estão a 1 clique de distância dos compradores. Se você tiver um bom produto, um preço atrativo e souber usar a internet a seu favor, é possível competir inclusive com as grandes empresas do seu setor. Foi exatamente isso que a Amazon fez no seu início, usou a internet pra vencer concorrentes muito maiores que ela e hoje se tornou uma líder mundial.

 

9) ANÁLISE DE DESEMPENHO

Grande parte das pessoas que visitam uma loja física acabam não comprando nenhum produto. Isto acontece todo santo dia e a gerência muitas vezes fica sem saber o motivo. Foi por preço, falta de variedade, falha no atendimento ou outro fator ? Sem uma informação clara fica mais difícil corrigir os erros, melhorar a experiência de compra do cliente e, por consequência, vender mais.

Com uma loja virtual este problema pode ser facilmente solucionado. É possível saber quantas pessoas visitaram o site num determinado período, de onde elas são, qual o gênero e faixa etária, por qual caminho chegaram, por quais produtos se interessaram, por quanto tempo ficaram e até porque desistiram da compra, dentre várias outras informações. Isto ajuda até as lojas físicas a atenderem melhor os clientes.

 

10) CRESCIMENTO DO E-COMMERCE

O Brasil tem atravessado uma grave crise econômica nos últimos anos, uma das piores da sua história. O comércio especialmente tem sofrido bastante com este quadro, registrando queda em vários anos seguidos. Um cenário bastante comum passou a fazer parte do comércio brasileiro: lojas vazias, falta de clientes, portas fechadas, demissões de vendedores e empresários desanimados.

Enquanto isso o comércio eletrônico vem crescendo de forma acelerada ano após ano. Poucos setores da economia tem crescido tanto e de forma tão consistente, principalmente nestes anos de recessão. A previsão, segundo dados históricos, é que o mercado dobre de tamanho nos próximos 5 anos. As regras do jogo já mudaram e muitos comerciantes ainda não se deram conta disto. E a sua empresa, vai ficar fora desta ?

Deixe uma resposta